Economista Tânia Bacelar reflete cenário econômico nacional no IV CONGEC


 24/09/2019 - -

A manhã de abertura do IV Congresso de Gestão Eclesial encerrou com a conferência da economista Dra. Tânia Bacelar de Araújo. Na explanação com tema “Cenário Econômico Nacional: desafios e perspectivas”, a professora aposentada da Universidade Federal de Pernambuco apresentou uma leitura da visão econômica mundial e uma análise dos contextos econômico-sociais pelos quais o Brasil passou desde a década de 80. 

Segundo a economista, a conjuntura econômica atual é muito adversa e a Igreja precisa se preocupar com a vida das pessoas.  “As pessoas são um todo, a alma e o corpo estão juntas. E a vida das pessoas não está bem no Brasil. O país vem num processo de empobrecimento da sua população e o momento econômico é muito difícil para muita gente.”

A conferencista destacou que a principal consequência do atual momento é o desemprego. “Nós temos quase 13% da população desempregada no Brasil e no nordeste esse percentual é maior, quase 20%. Isso significa que quase uma a cada cinco pessoas está desempregada. Então a situação econômica termina resultando numa situação social muito grave e vemos que a Igreja tem uma grande preocupação com a dimensão social da vida”.

Tânia destacou que o Brasil precisa se reposicionar no ambiente mundial, marcado por mudanças econômicas e sociais importantes e de redefinições geopolíticas. “À Igreja, para além da dimensão socioeconômica, cabe refletir sobre este momento para traçar também as suas diretrizes de atuação”, enfatizou.

Jéssica Nascimento


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Arquidiocese da Paraíba

Contatos

  •  Endereço: Palácio do Carmo - Praça Dom Adauto, s/n
    Centro - João Pessoa (PB)
  •  Fone:(83) 3133-1000
  •  E-mail: curia@arquidiocesepb.org.br

Mídias Sociais

Facebook Instagram

© Mitra Arquidiocesana da Paraíba – Todos os direitos reservados