Nossos 430 anos


 02/08/2015 - Escrito para o Correio da Paraíba

Celebramos os 430 anos da Filipeia de Senhora das Neves, nascida ao regaço da Mãe imaculada e da cruz do Senhor da vida. Somos uma das mais antigas cidades do Brasil. Nossa pequenina gigante abriga um povo guerreiro, construtor de uma história, traçada por plêiades de personagens de elevada cultura e de humildes trabalhadores braçais, incluindo escravos. Nosso passado apresenta gestas e vitórias. Porém, muitas oportunidades foram perdidas. Há muitos rostos com cicatrizes provindas da imensa dívida social que ora cobra a sua superação e o resgate da inclusão com justiça social. Muita gente migrou da Paraíba para construir o desenvolvimento do Sudeste do País. Enfrentando secas, fome, doenças, falta de incentivo e de condições para trabalhar, até hoje nosso povo guerreiro busca meios para sobreviver, na perspectiva de melhores condições para levar uma vida digna. O desafio maior é o envolvimento efetivo do povo na construção do próprio destino, conforme nosso dístico, “intrépida desde sua origem”.

Não basta celebrar glórias do passado, aliás, pouco conhecido ou até preterido. Em vez de jogar culpas e lamentar as perdas do passado, resta-nos avaliá-las e buscar o resgate de novas oportunidades. Críticas construtivas surgem das consultorias bem organizadas, focadas numa prioridade. De nada adianta revoltar-se contra o passado, lamentando negatividades. Trata-se de fazer o que alguém deixou de fazer. Auditoria e consultoria servem para isso! Cabe-nos planejar as políticas estruturais prioritárias constando de metas e resultados definidos e previstos a curto, médio e longo prazos. Nosso desenvolvimento socioeconômico, cultural e espiritual depende da nova visão sobre a realidade na qual nos inserimos, vivendo o presente, preparando o futuro.

Não nos fixemos em discursos. Ante tantos desafios, nossa missão é assumir ações propositivas e efetivas. Impulsionados pelo ritmo do nosso atual gestor estadual, nossa obstinação pelo desenvolvimento integral do nosso povo leva-nos a superar os condicionamentos e as sequelas do passado; envolver a população na recuperação do tempo e reconquista de espaços ocupados por Estados mais competitivos, possibilitando a inclusão social; investir e capacitar o capital humano, a tecnologia moderna de transformação; garimpar recursos financeiros; credenciar setores produtivos, criar condições de sustentabilidade; qualificar a infraestrutura portadora de progresso e sadio convívio humano, solidário, fraterno. Parabéns Paraíba, jovial veterana!


Dom Aldo di Cillo Pagotto, sss
Arcebispo Metropolitano da Paraíba

  •  Endereço: Palácio do Carmo - Praça Dom Adauto, s/n
    Centro - João Pessoa (PB)
  •  Fone:(83) 3133-1000
  •  E-mail: curia@arquidiocesepb.org.br
Twitter

© Mitra Arquidiocesana da Paraíba – Todos os direitos reservados